Epífitas do Morro

Orquídea

Polystachya concreta

 

Polystachya concreta

Pertence à família Orchidaceae.

O nome do gênero refere-se à capacidade de algumas espécies de florescerem novamente em antigas hastes florais.

São encontradas na China, Índia, Sri Lanka, Tailândia, Malásia, Laos, Vietnã, Bornéu, Java, Filipinas, Sulawesi, Sumatra, México, Guatemala, Honduras, Panamá, Bahamas, Cuba, República Dominicana, Haiti, Ilhas Cayman, Jamaica, Porto Rico, Trinidade & Tobago, Ilhas de Barlavento, Guiana Francesa, Guiana, Suriname, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru, Bolívia, Brasil e Argentina.

logogo2  

Foto Galería

  • Polystachya_concreta
 

 

Orquídea

Alatiglossum longipes

 

Alatiglossum longipes

Pertence à família Orchidaceae.

Longi em latim é longo e pes do latim para pé, provavelmente do pé da coluna, ou ao comprimento da inflorescencia.

É geralmente encontrada entre um grupo de outras epifítas, tornando difícil sua descoberta, habitando a zona mediana e alta de árvores, em florestas originais.

Requer umidade elevada, luminosidade moderada e movimento de ar moderado. Talvez seja a falta destes componentes que impedem esta planta de colonizar florestas em regeneração.

Período De Floração: Março a maio quando as flores duram por até um mes. Em altitudes mais baixas ela pode florescer em dezembro / janeiro.

A polinização acontece muito esporadicamente, mas quando ocorre, é polinização em massa, o que indica que um grupo de abelhas de longa distancia são as responsáveis.

Suas cápsulas de sementes são curiosas, longas, triangulares em corte transversal, e precisam de doze meses para amadurecer.

logogo2  

Foto Galería

  • Alatiglossum_longipes
  • Alatiglossum_longipes_site1
  • Alatiglossum_longipes_site2
  • Alatiglossum_longipes_site3