Herbáceas e Arbustivas do Morro

Psichotria carthagenensis2

Carne-de-vaca

Psychotria carthagenensis

 

 

 Psichotria carthagenensis

Psychotria carthagenensis, também conhecida como Amyruca, é um arbusto americano de sub-bosques da floresta tropical da família Rubiaceae.

Ela cresce a partir dos trópicos da América do Sul até o México. 

Contém o alucinógeno alcalóides DMT, é conhecido principalmente como um ingrediente no chá Ayahuasca, embora seu uso é menos comum do que o da Diplopterys cabrerana ou o da Psychotria viridis.

logogo2

Foto Galería

  • Psichotria_carthagenensis
  • Psichotria_carthagenensis2

Pariparoba

Piper umbellatum

 

paroba1 

 

Pertence à família Piperaceae.

Conhecida também por caapeba, catajé, lençol-de-santa-bárbara, malvavisco, manjerioba.

Arbusto com até 3 m de altura; ramos estriados, pubescentes. Folhas longamente pecioladas, ovado-arredondada a reniforme, ápice abruptamente acuminado, margem inteira. Inflorescência em espigas agrupadas, com até 10 cm de comprimento, formando pseudo-umbelas. Fruto tipo baga.

Planta muito utilizada na medicina popular de vários países, principalmente as folhas, em forma de chá. No Brasil, além do chá das folhas, são utilizados o suco ou emplastros como antiblenorrágicos, vermífugo, contra queimaduras, dores musculares, machucaduras, abcessos, furúnculos e no combate à inflamações internas e externas. As raízes e folhas também são utilizadas, em forma de chás, contra inchaços e inflamações das pernas, como diurética, antiescorbútica e em insuficiências hepáticas ou esplênicas, e ainda como estimulante da secreção biliar, cicatrizante, diurética, tônica, febrífuga, carminativa, emoliente, sudorífica, estomáquica, aperiente, e problemas na bexiga, do baço e dos rins. Antigamente o cozimento das folhas misturado ao óleo de amêndoas era utilizado em loções externas para o fígado. Estudos farmacológicos confirmaram sua atividade antimalárica e antioxidante. O uso interno na forma de chás, porém não deve ultrapassar 10 gramas de folhas para cada litro de água, pois doses mais fortes podem provocar vômitos e cólicas. FONSECA (1922) diz que as folhas e as raízes são emolientes, sudoríficas, estomáquicas, diuréticas e febrífugas. O macerado das folhas em água gelada também é utilizado para má digestão e dores hepáticas. Estudos demonstram tabém a eficácia contra os Raios solares protegendo a pele dos efeitos imediatos e crônicos da radiação solar, como também da diminuição da elastina e do colágeno.



Alerta:

É também considerada daninha e infesta pastagens, beira de estradas, bananais, áreas florestais.

logogo2

Foto Galería

  • PARIPARÓBA
  • pariparoba
  • pariparoba_2
  • paroba1