Insetos / Bichos do Morro

Borboleta Heliconius sara

Heliconius sara

 

 Heliconius sara 2

 

Família: Ninfalídeos/Heliconinae

Plantas Hospedeiras: Diversas espécies de maracujá (Passiflora sp)

Encontrada da Guatemala até a America do Sul.

Todos indivíduos da espécie Heliconius têm asas alongadas e negras, marcado com padrões simples, mas marcantes geralmente com listras ou manchas de creme vermelho e creme, ou azul. Alguns, como a sara, tem um brilho azul metálico sobre a área basal de ambas as asas.
Todos são caracterizados por seu vôo delicado, antenas longas retas, e gosto por flores.

Habitats:

Ocorre comumente em altitudes entre o nível do mar e cerca de 1500m.
Pode ser vista em jardins e florestas secundárias, bem como nas florestas primárias.

Os ovos são depositados individualmente sobre os brotos de folhas de Passiflora (Maracujá).

Comportamento Adulto:

São conhecidas por terem um vôo de delicada vibração, especialmente quando pairaram em torno das flores.
Elas geralmente se alimentam do néctar da Hamelia, Lantana e Palicourea.

Ao contrário de outras borboletas, as Heliconius fêmeas se alimentam de pólen, bem como néctar.
Estudos de ethilla têm mostrado que as fêmeas privadas de pólen só podem produzir cerca de 15% do número de ovos postos em relação as que tem acesso ao pólen.
Isso provavelmente se aplica igualmente a outras Heliconius, incluindo melpomene.
O pólen das flores da Psiguria, Anguria e Gurania fornece aminoácidos que não podem ser obtidos a partir de néctar ou de outras fontes, e contribui muito para a longevidade das borboletas - algumas Heliconius são conhecidas por viver até 9 meses como adultas.

Estudos têm demonstrado que as borboletas Heliconius têm escalas de vôo dentro do qual elas podem memorizar a localização de fontes de néctar e pólen, plantas hospedeiras.
Elas são capazes de planejar a rota mais eficiente pela qual vão visitar todas as fontes de néctar/pólen nas imediações usando cálculos simples parecidos com o que os matemáticos chamam de "algoritmo de caixeiro-viajante".
Erlich & Gilbert demonstrou que as borboletas individuais memorizaram a localização de determinadas Psiguria(um género botânico pertencente à família Cucurbitaceae), plantas que visitam diariamente, seguindo um circuito pré-definido através da floresta.

logogo2

Foto Galería

 

Mariposa leopardo

Pantherodes pardalaria

 

Pantherodes pardalaria

Familia: Geometridae.

Ocorre na Mata Atlântica e em quase todos os países da América do Sul.

Habitat:

Floresta primária.

logogo2

Foto Galería